A IGNORÂNCIA DO 'INTELECTUAL' JEAN WILLYS


 AS PERIPÉCIAS DE JEAN WILLYS E DO MOVIMENTO LGBT


O que falar dos absurdos colocados pelo excelentíssimo deputado federal Jean Willy? É difícil comentar tanta asneira, travestida de intelectualidade, na verdade, o parlamentar, mostrar a cada descoberta de suas pesquisas que a moralidade e a ética, passa longe de seus discursos, muitos até da sua classe tem ficado revoltados com seus posicionamentos, principalmente agora que ele está defendendo não somente o direito dos homossexuais, mas também o direito dos pedófilos.

    O nobre deputado disse recentemente absurdos contra os cristãos, principalmente contra os evangélicos, dizendo até que nós somos ignorantes e fanáticos, mas se a postura dele é de um intelectual, eu prefiro ser ignorante, mesmo porque não acredito que descoberta nenhuma seja capaz de descredibilizar a verdade bíblica, livro também atacado pelo parlamentar. Em uma postagem recente no facebook o nobre parlamentar coloca que o pedófilo pode ter um papel muito importante na iniciação sexual da criança, ajudando a ter uma vida sexual sem preconceito e explicando o significado do nome pedófilo que significa amigo da criança, eu quero saber se uma exposição intelectual como essa pode confortar uma criança com problemas de transtornos mentais por conta dos abusos sofridos¿ se isso deixa os pais mais tranquilos em relação às consequências desse tipo de situação com seus filhos¿ Definitivamente estamos vivendo em dias muito difíceis para a humanidade, principalmente quando olhamos para exemplos de parlamentares como este cidadão, que tem se apegado aos argumentos mais absurdos e controversos para tentar justificar o injustificável.

    Também não menos importante o movimento LGBT, assim como o deputado federal Jean Willys tem trabalhado para fazer pressão as suas revindicações, promovendo agitações em vários meios para ganhar apoio popular em sua causa e conseguir a sua maior vitoria nacional, a aprovação da PLC 122.

    Mas uma vez gostaria de explicar meu posicionamento e o posicionamento da igreja evangélica cristã em relação a este assunto, o problema não é a nossa intolerância religiosa, coisa que não existe, quantos evangélicos tem se ocupado em oprimir os homossexuais ou fazer qualquer outro tipo de manifestação publica que venha a desrespeitar está classe? Quantos casos existem de homossexuais assassinatos ou ate mesmo violentados por grupos homofóbicos evangélicos¿ Se fala que o Brasil é um país homofóbico, mas a grande maioria dos assassinatos de homossexuais foi praticada pelos parceiros dos próprios homossexuais, isso não é invencionice nem historia da corouxinha, mas os dados estão aí, na internet, as pesquisas que apontam isso, não são pesquisas levantadas por evangélicos nem por cristãos, mas por instituições sérias e que mostram a realidade dos fatos, não há incidência de fatos que justifiquem a criação desta lei, e nem argumento que a sustente como viável e benéfica para nossa sociedade, muito pelo contrario, uma lei como esta vai dar margem para mais confusão e não vai esta ajudando ninguém, nem mesmo os homossexuais.

     O posicionamento da igreja cristã evangélica é um só, nós, desaprovamos as práticas, mas amamos o individuo, por acreditarmos que ele precisa de ajuda, de uma orientação que o faça enxergar a verdade e se voltar para quem ele realmente é, não é somente uma questão de libertação, é um tratamento assim como todos que aceitam a Jesus Cristo tem que passar, seja o homossexual ou o heterossexual, todo aquele que vive uma vida de pecado deve ser restaurado através da verdade que liberta, A PALAVRA DE DEUS.

     Você que é homossexual que está lendo essa publicação, e você que não é mais que conhece alguém que seja, divulgue esse texto, não é banalizando a pedofilia tentando justifica-la por uma linguagem mais “racional” nem muito menos banalizando as práticas homossexuais através de leis como a PLC 122 que estaremos fazendo um bem à classe LGBT, mas devemos entender que há princípios na criação que são maiores do que a nossa pobre existência e que os mesmos devem ser obedecidos para que realmente haja realmente algo bom em nossas vidas que é a manifestação da graça misericordiosa de Deus. Tem se falado e se feito muita bobagem, por uma causa pobre de argumentos e razões, a sociedade tem se mostrado intolerante com a PALAVRA DE DEUS, e se corrompido cada dia mais com o pecado e a rebeldia. Hoje mesmo (28\03) foi vinculado mais uma manifestação escandalosa e sem nenhum tipo de tolerância do grupo LGBT e de seus defensores, que interviram de forma agressiva e repugnante a sessão da comissão de direitos humanos na camara dos deputados, uma oportunidade que deveria ser aproveitada para discutir meios de garantir uma convivência mais digna para nossa sociedade (inclusive para os homossexuais), se tornou um barraco de 5º categoria. Não é assim que se luta, por direito nenhum, eu não reprovo, porque, são homossexuais, eu reprovaria se fosse qualquer grupo, ate mesmo se houvesse evangélicos que agissem dessa forma eu reprovaria, mas não foi, estamos combatendo o bom combate e guardando a nossa fé, não estamos optando pela desonestidade, nem pelos barracos ao ar livre, e abertamente divulgado pela mídia, estamos orando a Deus pelos homossexuais, para que o Senhor faça uma grande obra em suas vidas e os transforme em canais de bênçãos para a manifestação da gloria do pai celestial. Leia com atenção minha palavras e reflita de forma sincera e ponderada sobre o que estou colocando aqui.

      Que o Deus de paz possa iluminar os corações de todos aqueles que estão lendo essa postagem e que vocês possam entender, que vida, somente em Jesus Cristo. Postado por IBEP - Teologia Bíblica


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário