SERMÃO: OBREIRO APROVADO


TEMA: OBREIRO APROVADO
AUTOR ESDRAS CABRAL DE MELO
TEXTO: 2 TM. 2.15
“Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.” 2 Timóteo 2:15

Cartas pastorais – 1 e 2 Timóteo e Tito são princípios para o cuidado do obreiro na igreja e suas qualificações
Ao escrever esta carta estava preso pela 2 vez em Roma 1.8 sua última escrita foi para o seu jovem filho na fé TIMOTEO – uma carta extremamente pessoal – pouco depois Paulo foi decapitado na VIA OSTIA em Roma
Filho de pai grego e mãe  judia chamada Eunice. E vó Loide

1 -  PROCURA APRESENTAR- TE A DEUS

Como obreiro de DEUS PROCURAMOS muitas coisas. Procuramos estudar, procuramos orar, procuramos nos santificar, procuramos servir as pessoas, procuramos freqüentar os cultos, procuramos dizimar, ofertar, procuramos crescer como obreiro.


Tudo isto é importante, mas existe algo mais importante que devemos fazer, devemos
PROCURAR NOS APRESENTAR A DEUS. É neste detalhe que muitos falham, muitos obreiros se apresentam a sua igreja, a sua denominação, ao seu pastor, aos congregados que ele serve, mas às vezes se esquece de se APRESENTAR A DEUS. DEUS é o SENHOR da sua chamada, é a ELE a quem devemos prestar contas de nossos trabalhos.


O OBREIRO de DEUS deve conversar com DEUS todos os dias, esta comunhão diária proporcionará o aperfeiçoamento do servo de DEUS. Existem “obreiros”
que não oram, que quase não estudam a bíblia, não se apresentam a Deus, como pode esta pessoa ser bem sucedida na obra de DEUS, que se caracteriza pelas lutas espirituais com as forças do mal?


Paulo diz que o OBREIRO deve se apresentar a DEUS , mas diz também de que maneira este obreiro deve se apresentar a DEUS. 


2 - OBREIRO APROVADO

Obreiro deve se apresentar a DEUS APROVADO. O que isto significa? Significa que temos que ter a aprovação de DEUS e da Bíblia para o que fazemos. Um obreiro de DEUS deve cumprir as 10 exigências que a Apóstolo Paulo recomendou ao seu filho na fé, Timóteo

Características do Obreiro Aprovado.
·         Não é egoísta, ele transmite o que aprendeu 2. Tm. 2.2
·         Reparte o sofrimento com os companheiros (participa das aflições dos outros) 2. Tm. 2.3
·         Não se embaraça com negócio desta vida. 2 Tm. 2.4
·         Nada impede que ele transmita a verdade das escrituras 2 Tm. 2.9
·         Não participa de contendas. 2 Tm. 2.14
·         Evita falatórios profanos. 2 Tm. 2.16
·         Foge das paixões da mocidade 2 Tm. 2.22
·         Rejeita as questões loucas. 2 Tm. 2.23
·         Ensina com mansidão 2 Tm. 2.24
·         Desperta os companheiros dos laços do diabo 2. Tm. 2. 25-26

Resultado na vida do Obreiro Aprovado: Considera o que digo, porque o Senhor te dará entendimento em tudo. 2. Tm. 2.7

Obs. A luta do obreiro é contra as forças do mal e não contra pessoas.

O obreiro para ser APROVADO tem que passar nos testes do ministério.. Na vida espiritual é assim, nada vem de graça, DEUS prova as pessoas que chama para sua obra.

Abraão - O teste da fé
Moisés – O teste da razão
Jacó – O teste da identidade
Josué – O teste da aprovação
Gedeão – O teste da confiança
Davi – O teste coragem 
Paulo – O teste da renúncia

Algumas pessoas se apresentarão em nosso caminho para nos atrapalhar, para nos difamar, para tentar nos parar, mas temos que nos lembrar que fomos chamados por DEUS e portanto temos que nos apresentar somente a DEUS.


3 - COMO OBREIRO QUE NÃO TEM DO QUE SE ENVERGONHAR...

Nos envergonha o evangelho – gnóstico – místico – sensual – relativista  - evangelho de homens  - bíblia scofild – tales roberto – da mulher – do homem - 

Bíblia só tem uma as sagradas escrituras – foi nela que milhares de vidas vieram a cristo

Nesta carta Paulo dá orientações ao jovem pastor da Igreja de Éfeso: Timóteo. Ele conhecia as Escrituras desde menino (3,15) e tinha uma fé não fingida, herança da sua mãe e da sua avó (1,5). Então, como poderia ter de que se envergonhar? Por que Paulo teve o cuidado de acrescentar “que não tem de que se envergonhar”? Pode alguém tão cheio de virtudes e sabedoria ser motivo de vergonha?
Infelizmente sim. Não deveria ser assim, mas pode acontecer mesmo com o pastor Timóteo. Ora, como qualquer um de nós, Timóteo também não era perfeito, por isso o alerta de Paulo é muito claro: “Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido”. (3,14). É triste perceber, principalmente nas rádios e TVs, pessoas manuseando muito bem a Palavra em proveito próprio.

Ah! Como seria bom se os crentes de hoje fossem como aqueles homens da cidade de Beréia, os quais só confiavam na Palavra. Eram tão zelosos dEla que, mesmo se Paulo quisesse, não conseguiria enganá-los. (At 17,10-12).
Um obreiro de DEUS não deveria ter do que se envergonhar, mas não é isto o que acontece na prática, nós os verdadeiros e sérios obreiros nos envergonhamos de muitas coisas. MUITOS ESTÃO ENVERGONHANDO O EVANGELHO.


Eu me envergonho
·         De ver obreiros brigando por cargos e dinheiro e membros
·         De ver obreiros que rouba ao senhor nos dízimos e nas ofertas
·         De líderes que usam a sua influência para se aquilatar de coisas alheias
·         De desviarem as ofertas sagradas para compras próprias e dizendo foi Deus que me deu
·         De ver tantos obreiros separados de suas esposas
·         De presenciar obreiros maltratarem suas famílias – espancando seus filhos
·         De ver obreiros que não conhecem a bíblia nem os personagem, e querem ensinar ao povo
·         De ver grupos de obreiros fazendo motim para derrubarem seus líderes
·         De obreiros que torcem para que o outro erre na ora da pregação.
·         De ver obreiro exigindo que o povo dê glória quando está pregando. Mas indiferente (calado) quando Deus usa outro obreiro na mensagem
·         De ver gente se rebelando nas igrejas sérias e abrindo milhares de “ igrejas “ com nomes estranho e que causam vergonha aos que seriamente servem a DEUS. 
·         De ver as sagras músicas evangélicas sendo substituídas pelas músicas gospel. Muita “zuada e barulheira e pouca letra e harmonia
·         De ver neófitos almejando cargos que não são nem dignos de pensarem tal coisa
·         De ver na época das eleições os púlpitos das igrejas cheios de políticos incrédulos, inescrupulosos e oportunistas  em busca de votos sem nenhum respeito a Deus, a igreja e sua palavra. Púlpito é lugar de homens de vergonha, de obreiro aprovado.


Mas não são apenas os líderes que podem se desviar. Eu e você, se não estivermos atentos, também podemos envergonhar ao Evangelho. Perceba: os dezoito defeitos, desvio de conduta descritos por Paulo “amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos...”, são atribuídos aos que amam mais os deleites desta vida do que se tornaram amigos de Deus (3,2-4).

Portanto, nem líderes nem liderados podem ser negligentes ao desvio de conduta mas para evitar tais desvio é preciso estar atento no estudo da Sua Palavra. É preciso estudar as escrituras e saber usá-la correta e dignamente. É disso que fala o texto de 2 Tm 2,15: manejar bem a Palavra de Deus de forma honrada. E não é qualquer palavra é a “palavra da Verdade”

Todo obreiro um dia será apresentado a Deus. Mas para ser aprovado, diante d’Ele, duas coisas são necessárias: 1) saber usar a Palavra, 2) não ter de que se envergonhar.

 

 

 4 - QUE MANEJA BEM A PALAVRA DA VERDADE...   Saber cortar

 

Inegavelmente a palavra tem o poder de dar ou tirar a esperança de quem quer que seja. Diz a bíblia com ela bem dizemos ou mal dizemos. Ela expressa o nosso pensamento. Mas nem tudo que pensamos devemos dizer. Diz a bíblia como maçã de ouro em salva de prata assim é a palavra ao seu Devemos selecionar cuidadosamente cada palavra que dizemos, pois senão corremos o risco de criar muitos problemas para nós e para as pessoas ao nosso redor. Pior do que dizer uma palavra impensada é falar MENTIRAS. 

Obreiro que maneja bem a palavra da verdade jamais converterá a palavra da verdade em mentiras. Ele tem compromisso em falar a verdade, a mentira seria uma agressão a sua consciência que se torna cativa da verdade em Cristo Jesus. Foi a expressão que Lutero usou diante do tribunal do seu julgamento em Worms na Alemanha. “minha consciência é cativa da verdade em Cristo Jesus. E é perigoso ao homem querer negar a verdade

Manejar bem – a palavra no original em Grego usada pelo apóstolo Paulo para “Manejar” é cortar, ou seja, saber cortar uma peça em couro. Mas recomendação não é somente cortar e sim, a saber, “cortar bem”, para não perder a peça por inteiro, pois seria um grande desperdício, causando prejuízo financeiro irreparáveis naquela peça de couro.

O obreiro de DEUS deve conhecer bem o instrumento que ele usa (bíblia). Todos os profissionais tem o cuidado de conhecer bem o seu instrumento de trabalho para depois executá-lo em serviço. Ninguém contrataria um profissional que não soubesse usar o seu instrumento de trabalho, imaginemos o obreiro de Deus que vai ao púlpito, todos esperam que ele faça o uso do instrumento (a bíblia) com propriedade, provando que foi habilidade para aquele serviço. Infelizmente temo vistos muitos obreiros despreparados envergonhando o púlpito sagrado por (MANEJAR MAL)  a palavra da verdade   

5 - A Palavra da Verdade -  É a Bíblia sagrada, o obreiro de DEUS deve dominar a bíblia de gênesis a apocalipse, deve conhecer todos os seus personagens, deve conhecer as doutrinas e princípios que regem a vida cristã como um todo. Um obreiro de DEUS deve ser transparente em tudo o que faz, como líder deve ser VERDADEIRO na mensagem, na administração, na finança da igreja, no trato com os irmãos, na palavra, no amor etc.

A Palavra da Verdade exige do obreiro honestidade em tudo, pois do contrário não surtirá valor nenhum quando aplicada. Deve pensar a verdade, pregar a verdade, falar a verdade, viver a verdade e andar na verdade.  “Não tenho maior gozo do que este, o de ouvir que os meus filhos andam na verdade” 3 Jo. 1.4

Nenhum comentário:

Postar um comentário