POR QUE DEVEMOS EVANGELIZAR?


TEXTO BÍBLICO 1 Co 9:16
Porque, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o evangelho! 

“Meu destino é proclamar a mensagem, sem me importar com as conseqüências pessoais para mim mesmo.” (Zinzendorf)
Algumas pessoas não fazem o trabalho porque não sabem fazer, outras não fazem porque não querem fazer, outras fazem, porém sem obter sucesso, e outras fazem e são bem sucedidas porque fazem de maneira correta.

I)      É UMA ORDEM IMPERATIVA DO SENHOR. (Mc 16:15; 1 Co 9:16, Ec 9:10).
1.  Quem não se dispõe a ir, está cometendo pecado de omissão, e esta é a razão porque muitos não tem sido abençoados por Deus.
2.  Deus não pode assumir compromisso com quem não quer se comprometer com Ele.
3.  Aqueles que dizem não ao IDE do Senhor, demonstrar estar servindo de oposição dentro do reino de Deus.
4.  Para o apóstolo Paulo, esta obrigação era tão séria que ele disse: “... AI DE MIM SE NÃO ANUNCIAR O EVANGELHO.” Foi Jesus quem  disse : “Dai-lhe vós de comer...”(Mc 14:16)  “Vai trabalhar na minha vinha...”(Mt 21:28) “De graça recebeste, de graça dai...”(Mt 10:8).
5.  Disse Spurgeom: “Ganhar almas deveria ser a principal atividade de todo crente verdadeiro.” Para isto ele nos salvou, (1 Pe 2:9).
6.  Temos uma dívida, (Rm 1: 14,15).

II)    É UMA HONRA E GRANDE PRIVILÉGIO SER EMBAIXADOR DA PARTE DE DEUS, (2 Co 5:20)
 “De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo, como se Deus exortasse por nosso intermédio. Em nome de Cristo, pois, rogamos que vos reconcilieis com Deus”. Ver referência em Atos, quando os discípulos se alegraram por ter apanhado durante o trabalho de evangelização. (At. 16)

III) HAVERÁ UMA RECOMPENSA PARA QUEM PREGA O EVANGELHO INCANSAVELMENTE. (1 Co 15:58; Rm 14:12; Gl 6:7; Cl 3:23,25; 1 Co 3:11-15).
 “Porque importa que todos nós compareçamos perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o bem ou o mal que tiver feito por meio do corpo”.( 2 Co 5:10,11)
1.  No dia da prestação de contas, vai comparecer diante do Tribunal de Cristo três grupos diferentes:
(1)   O grupo cujas mãos estão vazias . Há um hino na harpa cristã que diz : “Posso tendo as mãos vazias, com Jesus eu me encontrar, quantas almas poderia, ao Senhor apresentar?...”
(2)   O grupo com as mãos cheias, porém de palha, feno e madeira. São aquelas pessoas que fazem o trabalho, porém querem receber honras aqui, aplausos, reconhecimentos, glória.
(3)   O grupo que tem nas mãos: prata, ouro e pedra preciosa. Estes irmãos, são aqueles que com  a semelhança do jovem que  deu cinco pães e dois peixes, para Jesus alimentar uma multidão, mas até hoje permanece no anonimato. É bem provável que os maiores galardões no Céu, será para os que fizeram muito para Deus e não apareceram, porque fizeram para Glória do NOME DO SENHOR.

IV)   PORQUE TODOS OS QUE ESTÃO EM COMUNHÃO COM CRISTO, COMO VARAS LIGADAS NA VIDEIRA, TEM QUE PRODUZIR FRUTOS. (Jo 15:5,16; Mt 7:19)
1.  Quando no coração do cristão, não há nenhum desejo pela salvação dos perdidos, é porque talvez este cristão não experimentou a salvação ainda.
2.  Eu sempre tenho dito, que uma das evidências da nossa salvação, é o forte desejo que temos de levar pessoas a Cristo.
3.  “Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna.” ( Jo 4:14 )

V)    PORQUE GANHAR ALMAS É UM DESAFIO. (Mt 18:12,13).
“Se algum homem tiver cem ovelhas, e se alguma delas se desgarrar, não irá pelos montes... em busca da que se desgarrou?” De todos os desafios para a igreja, este deve ser o maior,conquistar almas.
1.  Um desafio que vem do Céu ( Is. 6:8,9; Jo 15:16;MT 4:19 ).
2.  Um desafio que vem da Terra ( Gn 4:9,10 ).

VI)   PORQUE GANHAR ALMAS É UMA OPORTUNIDADE PERMANENTE.
” Porque não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido.” (Atos 4:20 )

VII)  PORQUE GANHAR ALMAS É UMA CONDIÇÃO PARA O CRESCIMENTO DA IGREJA.
“E todos os dias acrescentava o Senhor à Igreja  aqueles que se haviam de salvar”, (Atos 2:47).
1.  Não há crescimento espiritual, nem quantitativo, quando a igreja cai em um estado de comodismo e se conforma com o fato de não estar sendo produtiva.
2.  Uma igreja sem novos convertidos é como uma mulher estéril, que sofre algum tipo de anormalidade. Filhos espirituais, filhos na fé é sinal de saúde da igreja.

3.  Quando a igreja se propõe a ganhar almas para Jesus, ela cresce em todas as direções. Mesmo porque, igreja só é Igreja quando sua prioridade como missão é ganhar os perdidos para Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário